Maria-sem-vergonha

quarta-feira, novembro 17, 2004

penso, logo existo

Hoje foi um dia estranho.
Estamos no meio da semana, bem no final do ano, e estive sem nada pra fazer. Nada de muito importante pelo menos. Parecia domingo, mas sem Faustão. De qualquer forma, a porcaria na TV era quase do mesmo nível, João Cleber e Cia.
Aí então, depois de ler meus e-mails, e as milhares de listas de discussão que faço parte fui ler meu livro: "Crime e Castigo" de Dostoievski. Não me achem a intelectual, é que como estou sem dinheiro pra comprar livros novos, resolvi mexer na coleção de clássicos que comprei na banca de jornais há um tempo e não tinha nem aberto...E ele faz parte da minha volta à leitura... fazia um tempão que não lia nada, e esse é o segundo da safra. O primeiro foi "O Poder Jovem" de Arthur Poerner, contando a história do movimento estudantil no Brasil.
Mesmo assim, ainda pensamentos soltos habitaram a minha cabeça, pensei na minha vida, na minha família, na minha profissão, no meu futuro, e nos meus amores...

Mas ainda bem que amanhã é quinta, e ao contrário de hoje, trabalho, literalmente, o dia inteiro.
Aí, não haverá tempo para pensamentos soltos.

Beijos

Kelly

2 Comments:

Postar um comentário

<< Home